O quarto número, chamado recibo07+9, começou a ser produzido em 2007 e ficou sem ser finalizado até meados de maio de 2009, quando se retomou a produção/edição, na ocasião do Ciclo de Discussão sobre Práticas Artísticas (que Traplev organizava na época) e através da parceria com o Museu Hassis e a Fundação Cultural Badesc de Florianópolis possibilitou-se a impressão de uma centena de exemplares.

Com 30 páginas tamanho a4 em preto e branco, recibo07+9, não desenvolveu um tema central e apresenta discussões e documentações em torno de práticas curatoriais e espaços de artistas, performance, fotografia, contos e intervenções específicas. Foi lançada em agosto de 2009 em Florianópolis com 100 exemplares e distribuída com re-edição de + 40 cópias no Rio de Janeiro e São Paulo.

participam desse recibo: espaço Montgomery, Annete Frick, Wilhelm Hein, Ana Lucia Vilela, Charles Klitzke, Aline Dias, Lucas Ospina, Newton Goto, Setareh Shabazi, Erro Grupo e Ducha.

Este é o último recibo produzido em Florianópolis. Depois de uma estada em Berlim entre 2008 e 2009, Traplev se muda para o Rio de Janeiro no começo de 2010 de onde produz os próximos recibos até o final de 2011.
< voltar
recibo07+9
capa ação de roseline rannoch e traplev e quarta capa intervenção de charles klitzke
conto de aline dias e
intervenção de setareh shabazi
ação lanchonete <> lanchonete